Desejo

“Eu quero esse dia para mim. Doce, azedo, amargo, que seja tudo ao mesmo tempo, mas que seja meu. Não penso em me lambuzar, mas sim, dar uma provadinha, aqui e acolá. Com o dedo mesmo, sem colher, pra me esbaldar. Até a alma perder o fôlego, até a vista se enevoar”


.

Um comentário sobre “Desejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s