Sobre trançar as pernas

“Sou do tipo mãos vazias. Prefiro nada carregar e ter os braços livres. Mesmo que seja para travá-los na cintura em espera, cruzá-los em desaprovação. Fico, assim, pronta para um adeus inesperado ou um abraço loucamente necessário em quem acaba de chegar.”

Sobre amizades, parcerias, palavras que impulsionam, carinho, cuidado e sonhos: tudo isso numa galeria desse post.

Só me resta agradecer imensamente sempre e sempre.

As resenhas completas estão nos links em destaque:

Reflexões de Silvia Souza
Fabulonica
Meu Espaço Literário
Livrai-nos
Livros em mente
Aquela Epifania
Mini Biblioteca da Pry
São tantas coisas
Filósofo dos Livros
Pétalas de Liberdade
Ruivo Leitor
Pacote Literário
Recanto Literário
Lendo com Daniel
Um rascunho a mais
Devaneios da Lila
Coleções Literárias
Mundo da Sue
O Poderoso Resumão
Jornal Literatura e Cia
Livros e Chocolate Quente
Porão da Lara
Sincroniza aí
Literatura por amor
Caderno da Lua
Gnoma Leitora

http://https://www.instagram.com/p/BKeKhG-ArdD/