Duetos: A-DOR-AR

silhouettes-1243746_960_720

Criei esse espaço “Duetos” para deixar eclodir a vontade de conhecer o outro, de desafiar-me a novas formas de escrita e para me aproximar daqueles que cultivam as palavras como companhia predileta, sejam escritores, devaneadores ou parceiros na vida que gostem de traduzir em verbos suas sensações.

O resultado está me trazendo um contentamento místico e a certeza de que escrever é o que quero fazer para o resto da vida.

Começaremos com ele, o escritor Hang Ferrero, autor do blog O Ponto Afinal, cujos poemas tem feito a diferença nos meus dias. Roubo da sua página essa sublime descrição: Continuar lendo

História de Amor

sol e lua

Um tanto incerto de si tentou me afastar, enxotar mesmo, afugentar-me do seu curso. Eu, portanto, vagamente inclinei meu rastro para o sentido contrário, mal percebendo que seguia um círculo que orbitava em torno de você. Entre auto-reprimendas, castigos fictícios e certezas apenas teóricas, convenci-me a ficar por ali, em seu abraço, junto ao calor de seu corpo, que agora cuidava de mim, meio assim, para o resto dos dias. Continuar lendo