A viagem

barco

Não sei qual é o destino que esse barco segue. Sei que ele é muito pequeno, e muitos dos navegantes não aguentam as contínuas tempestades e acabam desistindo da viagem, de tudo. Jogam-se ao mar, e quem fica torce para que encontrem seus caminhos. Quem fica, muitas vezes fica só. Segue as ondas, sorri para a lua, canta à saudade, chora por essa solidão. Espera pacientemente que o barco chegue a algum lugar e que esse lugar não seja uma terceira margem.